E com vocês enfim: DRAGÕES DE ÉTER – ESTANDARTES DE NÉVOA + Novo box

Mockup Box + Livros Dispostos PNG

E o sonho se tornou real.

Há 10 anos eu imagino como seria a sensação de fazer esse post.

Quando a primeira linha: “E um lobo lhe devorou a avó” foi escrita, eu sonhava em conquistar leitores, dividir histórias, viver da escrita. Mas a coisa foi além.

Ao longo desse tempo, Dragões de Éter conquistou um fandom suficiente para não apenas me fazer viver disso, mas até mesmo trazer essa série até aqui 13 anos depois do lançamento do primeiro livro. E é graças a cada um desses leitores tão queridos que hoje eu tenho o privilégio de lhes apresentar finalmente…

DRAGÕES DE ÉTER – ESTANDARTES DE NÉVOA!!!!!

Vol 4_Estandartes de Nevoa4

Esse livro, até então lendário, conta o que aconteceu em Nova Ether cinco anos depois do final de “Círculos de Chuva” e traz todas as respostas aos questionamentos que os leitores se fizeram ao longo de todo esse tempo.

O Submarino, que tanto marcou a história da série, preparou junto com a Editora Melhoramentos um novo box exclusivo, contendo novas capas, texto atualizado, novo tipo de papel, e ainda o mapa de Nova Ether impresso e simulando papiro como brinde!!! \o/

Caçadores de bruxas

Corações de Neve

Círculos de Chuva

No link abaixo vocês podem ter acesso à pré-venda tanto dos livros avulsos nos sites de venda, quanto do box exclusivo do Submarino.

http://bit.ly/raphaeldraccon

Vou fazer algumas lives com livrarias no futuro. E, além delas, aqueles que adquirirem na pré-venda (guardem os comprovantes!) terão direito a um evento virtual exclusivo, que irá funcionar como se fosse um evento de lançamento, em que irei contar histórias, falar sobre o processo criativo, e mostrar materiais inéditos.

Como vocês podem ver nos detalhes da própria capa (que traz o dragão-símbolo de volta ao título!) do talentoso artista Walmyr Archanjo, de um triângulo amoroso até a Virgem de Trigger em sua torre, a história mais humana da série enfim se apresenta, prestes a lhes tirar sorrisos, êxtase e lágrimas.

Exatamente a sensação que eu aguardava há dez anos sobre esse post.

Então agora é com vocês, sonhadores! Espalhem a notícia, marquem pessoas, apresentem e dividam essa história que vocês tanto pediram. Nova Ether uma vez mais está em suas mãos para se manter viva.

Apenas como não canso de dizer: obrigado! Simplesmente obrigado por nos trazerem até aqui!

Esse livro é – literalmente – dedicado a cada um de vocês.

Obrigado por terem sonhado conosco!

SINOPSE:

“Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contras as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga.

Hoje, Arzallum, o Maior dos Reinos, mantém Anísio Branford como o Rei dos Reis, e vive sua aguardada Era Nova por cincos anos.

Coisas estranhas, contudo, parece que jamais deixarão de acontecer…

Um cavaleiro banido e odiado por todas as Ordens de Cavalaria, e um dos criminosos mais procurados do mundo, está próximo do encontro com a Virgem de Trigger, a mesma que acreditam destinada a gerar o novo Merlim. Dois irmãos precisam lidar com os últimos resquícios de seus antigos laços de magia negra, das sequelas da antiga arapuca de uma bruxa canibal à dívidas estabelecidas com entidades de morte. O novo capitão do lendário Jolly Rogers, o mesmo que encontrou o lendário Grande Tesouro, resolve navegar ao Oriente para vendê-lo a sultões, sem imaginar as calamidades que está iniciando no ato. A sobrevivente de um lobo marcado se prepara para atingir o último estágio da iniciação de seu coven, destravando conhecimentos místicos jamais atingidos. O último príncipe de Arzallum, isolado ao longo de cinco anos no Nunca, decide que é hora de voltar a Arzallum, confrontar erros do passado, e vingar a morte de um velho amigo nas mãos de um Mestre Anão.

E Oz, o Reino isolado em sua própria escuridão, resolve ser hora de tomar sua parte na História de Nova Ether, desencadeando acontecimentos que podem levar enfim à ascensão do verdadeiro Pendragon.

E demonstrar que o mundo de Nova Ether como se conhecia não apenas mudou, como nunca mais será o mesmo.”

Comentários

Escreva uma resposta