Dragões de Éter de volta na Melhoramentos! (incluindo o novo livro!!)

Image may contain: Raphael Draccon, text

NOVO DRAGÕES DE ÉTER! NEW DRAGONS OF ETHER!

13 de Setembro de 2007.

Há exatos 13 anos, a primeira edição de Dragões de Éter era lançada na Bienal do Livro Rio.

Ariane Narin, a menina do chapéu ‘vermelho’ que inicia a história, nasceu no dia 13 de uma noite de Lua Negra.

Em “Caçadores de Bruxas” ela tem seu aniversário de 13 anos.

Dragões de Éter tem 13 letras.

Em outras palavras, o dia de hoje é um dia bem especial para Nova Ether, e para todos aqueles que a mantiveram viva e a trouxeram até aqui. E a data perfeita para contar a vocês que “Dragões de Éter” está de volta para terminar o que nós iniciamos.

Como os direitos da série agora me pertencem, eu pensei bastante sobre a melhor forma de lançar a nova obra e relançar a trilogia no mercado literário que temos hoje, tão diferente de quando tudo se iniciou.

Cheguei a receber e-mails com a possibilidade de financiamento coletivo, contato de editoras de médio e pequeno porte, e negociei com algumas das maiores.

Mas, aos 45 do segundo tempo, eu tive uma última reunião com uma editora que sempre admirei, e eles destruíram qualquer proposta concorrente. Não apenas porque eles tinham uma visão, não apenas porque eles contavam com um equipe que sabia o que queria fazer, mas principalmente por ser um time nerd e apaixonado que se mostrou mega empolgado pela oportunidade de levar essa série de volta pra vocês.

E foi assim que, conforme anunciado na coluna Babel do Estadão, eu decidi que Nova Ether iria para a casa do mestre Ziraldo, o autor que quando criança eu ficava assistindo autografar por horas nas Bienais, e sonhava um dia ser como ele.

Foi assim que eu decidi que Dragões de Éter iria para a Editora Melhoramentos.

Uma editora com 13 letras.

O box de Dragões de Éter do Submarino, que mudou a história da série e a minha vida, foi lançado em 2010, junto com o livro 3. Isso quer dizer que esse ano nós completamos 10 anos desse lançamento, o que também é bastante simbólico.

A pessoa responsável por tornar aquele box possível se chama Corina Campos. Vencedora do atual prêmio Profissional do Ano da PublishNews, além de um ser humano fora de série, ela é o maior furacão que uma editora pode contar na parte de venda e distribuição de livros.

Corina ajudou a mudar a minha vida em sua passagem pela Leya, e eu sou muito fiel às pessoas que me ajudaram. Quando ela foi para a Rocco, eu quis estar com ela. E, após ganhar o prêmio da Publish News pelos sete anos dedicados à casa de Harry Potter, advinhem para onde ela se mudou esse ano?

Pois é. Exatamente. Melhoramentos.

E foi ela quem me disse naquela última reunião aos 45 do segundo tempo: “eu estive lá quando essa série se iniciou, e eu quero estar aqui pra terminarmos o que a gente começou junto”.

E isso, sonhadores, apenas isso, já demonstra o carinho com que Dragões de Éter está sendo tratado pela equipe da Melhoramentos.

Carolina Munhóz sempre disse que, depois de ler Dragões de Éter, ela “decidiu que iria casar com o homem que escreveu aquela história”. Apenas isso já me fez valer à pena ter escrito essa obra, mas existe mais simbolismos nisso.

A gente se conheceu no final de 2010, o que quer dizer que o tempo do nosso casamento e o tempo da existência da trilogia se misturam, e esse ano nós também iremos completar dez anos juntos!

E, ao longo dessa década, existiram duas perguntas que eram feitas em TODOS os eventos que fazíamos juntos:

1. Quando teremos um novo Dragões de Éter?

2. Quando vem a fada-dragão? (assim mesmo, no feminino!)

E nem mesmo a gente poderia arriscar que a resposta seria a mesma: em 2020.

Caso, contudo, você ainda não esteja satisfeito com toda a magia por detrás disso, saiba que o primeiro e-mail que a nossa Avalon, de apenas 2 meses, enviou na vida dela (registrado em vídeo!) foi o e-mail para a querida Leila Bortolazzi, editora executiva da Melhoramentos, anunciando que eu os havia escolhido como a nova casa da série.

Em outras palavras, como num círculo de chuva, 10 anos depois foi a Fada-dragão que tornou oficial a nova casa de Dragões de Éter.

A par de tudo isso, algumas informações que imagino que vocês irão gostar de saber:

- A Melhoramentos está reformulando seu catálogo editorial, e inclusive, eu faço parte desse projeto, estreando como o primeiro autor de fantasia da casa.

- A editora fará um box exclusivo com uma nova arte, e lançará finalmente “Dragões de Éter – Estandartes de Névoa”. As artes que estão sendo produzidas, ao mesmo tempo que têm sua linda identidade, conversam com a arte do box passado.

- O lançamento irá ocorrer AINDA ESSE ANO! A editora deve divulgar uma previsão quando soltarem as capas finalizadas, o que deve acontecer em breve.

- Estamos preparando surpresas para a pré-venda, e alguns eventos virtuais que logo dou mais detalhes.

Sobre “Estandartes de Névoa”, o livro se passa cinco anos após o encerramento de “Círculos de Chuva”, e irá responder TUDO o que vocês ainda se perguntavam, e até o que vocês não faziam ideia de que estava lá e queriam saber. E digo da busca pela Virgem de Trigger, destinada a gerar o novo Merlim, até a ascensão do verdadeiro Pendragon!

Vocês poderão ver como o etherpunk modificou Arzallum, e iniciou a junção da magia e tecnologia no Ocidente. Vocês poderão ver como os personagens que se iniciaram crianças, assim como muitos leitores, se comportam agora como adultos e diante de responsabilidades ainda maiores. E enfim nós iremos conhecer o outro lado do mapa e visitarmos o Oriente de Nova Ether! Além disso, vocês provavelmente irão derramar mais lágrimas do que em qualquer outro volume.

Pois, acreditem, esse é – disparado – o melhor livro de toda a série.

E, provavelmente, o melhor livro que já escrevi até aqui.

O que posso dizer é: “Estandartes de Névoa” é tudo o que vocês pediram. E é tudo o que vocês merecem por manter Nova Ether viva há treze anos.

Por isso, como não canso de repetir, obrigado, semideuses(as).

Obrigado por me permitirem viver disso.

Obrigado por me permitirem viver isso.

Em troca, eu não poderia lhes dar menos do que meu melhor trabalho.

Nos vemos em breve para um último sonho.

Comentários

Escreva uma resposta